No Agreste pernambucano, o Garanhuns Jazz Festival é uma alternativa à folia carnavalesca e pretende reunir admiradores da música afro-americana, com atrações de lugares como Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Fortaleza, Nova York, Califórnia e Argentina, além dos artistas locais. O evento está marcado para ocorrer deste sábado (1º) à terça-feira (4) e anunciou nomes como Nasi, George Israel, Ed Motta, Mud Morganfield e Jimmy Burns. Estes dois são ícones do blues em Chicago. Confira abaixo a programação abaixo.

Afora estas atrações, a organização confirmou ainda Izzy Gordon, sobrinha de Dolores Duran que fará show com Ed Motta; o trompetista nova-iorquino Mark Rapp; o saxofonista Jasiel Leite e a banda Valvulados, ambos da ‘Cidade das Flores’. Os principais artistas estarão no Palco Ronildo Maia Leite, na Praça Cultural Mestre Dominguinhos (antiga Guadalajara), com plateia para oito mil pessoas. Neste, haverá eventos especiais dentro do festival, como o Guitar Night e o show Divas, em homenagem às grandes vozes femininas do jazz, blues e soul.

Dentre os conhecidos de quem curte jazz, blues e soul, estão Blues Etílicos e Headcutters, bem como Karl Dixon. Está confirmada ainda Salimanga, formada por integrantes da banda Móveis Coloniais de Acaju, que deve se apresentar com Israel de França, violinista pernambucano que trabalha na Espanha, e com Beto do Bandolim. Também Nanny Soul (banda do programa Altas Horas) e Dani Montuori (participante do The Voice Brasil em 2012). A assessoria da prefeitura informou ainda que um expoente da bossa nova virá para o festival, porém, ainda não divulgou.

E os organizadores preparam mais shows, para o Palco Pau Pombo, no Parque Ruber van der Linden, além de jams sessions com artistas iniciantes. Estas ocorrerão depois dos da Praça Mestre Dominguinhos. Também haverá a participações de Pedro Black, vencedor de um concurso realizado pela página oficial do evento no Facebook. Completando a programação, são organizados workshops, oficinas e sorteios.

Homenagem a Dominguinhos
E, em todas as apresentações, a assessoria da prefeitura informa que músicas de Dominguinhos serão tocadas à moda dos gêneros predominantes. E, de acordo com a assessoria do evento, “Josildo Sá – cantor pernambucano de grande relevância na cena do forró, ritmo que em suas apresentações dialoga com diversas outras nuances musicais – e Liv Moraes, herdeira musical de Dominguinhos, são alguns dos artistas convidados para comandar a homenagem”.

A prefeitura espera que 30 mil pessoas circulem pelo município nos quatro dias e que o evento injete R$ 2,5 milhões na economia local. O Garanhuns Jazz Festival recebeu em 2009 o II Prêmio Mestre Salustiano, concedido pelo Governo de Pernambuco a quem fomenta o turismo no estado.

garanhuns